Archive for the ‘futebol’ Category

h1

Eu mereço

03/07/2010

Recebo regularmente  uma newsletter chamada Expression Layouts.

A edição que recebi hoje trazia o seguinte título:

” Fernando Do you have World Cup Fever? I Do!”

Eis que abro e vejo a imagem reproduzida aqui abaixo.

Valeu Dunga. Valeu Felipe Melo.

h1

Por que Dunga é um cretino

02/07/2010

Eu sempre tive o maior respeito pelo Dunga volante. Carregador de piano, raçudo, cheio de fôlego.

Jogar com raça e determinação, mesmo dentro de limitações técnicas, é fundamental para um time, pois só assim os talentosos tem espaço para brilhar e decidir as partidas.

Mas a questão está na palavra time.

Futebol não é tênis nem natação nem atletismo (dã). Futebol se joga com 11. O Roger Federer, o Michael Phelps e o Usain Bolt não dependem de ninguém para vencer. Os adversário rezam por um mau dia desses gênios para ter uma chance.

Futebol não. Futebol são 11. Mesmo em um dia iluminado, o melhor dos craques tem pouca chance se seus companheiros não ajudarem.

Futebol precisa do goleiro, do zagueiro forte, do zagueiro técnico. Do lateral marcador e do lateral veloz. Do volante raçudo, do craque, do atacante driblador e do atacante trombador. Precisa mesclar.

O comprometimento por si só não adianta.

Dunga levou para a Copa 23 jogadores que, tenho certeza, são pessoas de ótimo caráter. Um ou outro deve tomar uma cerveja, os outros bebem leitinho e dormem cedo.

Diferente da esbórnia de 2006, com os baladeiros e farristas.

Perdemos as duas Copas.

Por quê? Porque dentro de seu pensamento tacanho, Dunga levou sua “família” e esqueceu de pensar que se o time precisasse de alguém para mudar o jogo, esse alguém tinha que vir do banco.

Em Copa do mundo, so reservas não podem ser meros reservas. Reserva de Seleção tem que ser titular de qualquer time.

Mas não tinha ninguém no banco. Grafite, Josué, Julio Batista, Gilberto não são homens para nos salvar – são carregadores de piano, são jogadores de suporte. Importante, mas se (e somente se) houver opções de técnica e habilidade.

Dunga foi soberbo e arrogante. Dunga foi um cretino. Levou aqueles que estiveram do lado dele. Ganhou tudo que PODIA.

Exceto, claro, os dois que DEVERIA: a Olimpíada e a Copa do Mundo.

Futebol é uma coisa desimportante, exceto durante um mês de quatro em quatro anos, quando se torna a coisa mais importante de todas. Tanto que todos nós viramos técnicos.
Mas futebol é um pouco mais complexo do que sentar na arquibancada ou em frente a TV e dar opiniões. Ensaiaram até ovacionar Dunga porque ele xingou um jornalista da Rede Globo. E usaram a lógico inimigo da Rede Globo é meu amigo. Em seu pior momento, Dunga virou herói dos técnicos de ocasião.

Futebol precisa ser vivido. Na Copa ou na pelada de segunda-feira, o cara do seu lado ali no vestiário vira seu maior parceiro. Você tem que jogar por e ele por você. Quem nunca vivenciou isso vai dar opiniões aparentemente coerentes, mas sem alma, sem conhecimento de causa. É tipo dar um diagnóstico de doença aprendendo os sintomas na internet.

Se você tiver só raça, ele tem ser o craque. Se você é craque, tem que ter um raçudo do seu lado. Time sem equilíbrio não vence, não sai das arapucas, como a que a Holanda nos colocou hoje.

Eu critiquei Dunga mesmo, porque eu temia exatamente por aquilo que aconteceu hoje: o time não soube jogar diferente. Seguiu uma equação matemática. Foi um time de exatas. Faltou um pouco de humanas. De criatividade, de talento.

Eu já sabia? Não. Eu tinha certeza? Não. Mas eu sentia que havia um espaço para opções que poderiam nos tirar de determinadas sinucas de bico. Bastavam dois, três jogadores diferentes. Ronaldinho Gaúcho? Ganso? Pato? Ernanes? Opções havia.

Muita gente da imprensa fala bosta e é cagão mesmo. Mas muita gente lá temia por uma necessidade de mudar o jogo também.

Só não dá pra falar que Dunga fingiu que não era com ele porque Dunga se mostrou um tremendo de um mal educado e antipático. Por essa postura ego-centrista, Dunga merecer perder.

Só que levou junto com ele 190 milhões de brasileiros, inclusive os que o apoiaram.

Tudo mundo perdeu. Assim como tudo mundo teria ganho se ele fosse um ser humano um pouco – um poquinho só – mais maleável.

h1

A pior seleção da história

19/05/2010


Ou como uma edição pode destruir a história de uma equipe genial.

P.S. Fez tanto sucesso no Twitter que tive que postar.

h1

Tá foda trabalhar

05/05/2010

Corinthians x Flamengo
A única certeza é que meu corinthianismo não depende deste jogo.

h1

Cartilha da Copa para quem odeia futebol: Regra 3 – LOGÍSTICA

21/04/2010

Assistir a partidas de Copa do mundo exige o uso de todos os segundos disponíveis na escala de cronológica conhecida, que convencionamos chamar de tempo. Isso significa que o amante do futebol não deve ser incomodado com qualquer tipo de distração.

A pessoa que não gosta de futebol tem direito de passar em frente à TV durante uma das 52 partidas, desde que o faça rastejando e sem distrair a audiência.

Em caso de uma exibição de nudez à frente da TV, a pessoa deve estar apta a se vestir  imediatamente  pois, em caso de contrair resfriado, ou pior, gripe, durante o mês da Copa, não haverá tempo hábil para levá-la ao médico ou prestar assistência.

h1

Cartilha da Copa para quem odeia futebol: Regra 2 – PRÁTICA DA CONVERSAÇÃO

08/04/2010

Não deixe que a surpresa te surpreenda durante a Copa do Mundo

Entre 11 de junho a 11 de julho de 2010 não há variação de assunto. O único tema é futebol. Afinal, há jogos todos os dias, e a cada dia uma seleção favorita joga – e, nelas, pelo menos um dos maiores craques do mundo.

Você deverá ler a seção de esportes do jornal de modo a se manter a par do que se passa com respeito à Copa do Mundo. Deste modo, você adquire capacidade e habilidade para participar das mais animadas conversas do único tema relevante no período.

Caso não proceda desta maneira, as pessoas lhe olharão com maus olhos ou vão te ignorar completamente. Como a opção de não se informar a respeito da Copa do Mundo é sua, não reclame por não receber nenhuma atenção.

§ 1º – Os nomes que você deve conhecer.

Para sobreviver à Copa do Mundo, você tem a obrigação de conhecer alguns jogadores e a quais seleções pertencem ou pertenceram. Seu grau de inteligência srá medido conforme os grupos abaixo. Como você vai fazer isso é problema seu.

Nivel imbecil: Pelé, Garrincha, Zico, Maradona, Romário, Ronaldo (nunca Ronaldinho)

Nivel ignorante: Dunga, Zagallo, Ronaldinho Gaúcho, Roberto Carlos, Rivaldo, Cafu, Galvão Bueno

Nivel patético: Zinedine Zidane, Lionel Messi, Roberto Baggio, Julio Cesar

Nivel básico: Lúcio, Wayne Rooney, Didier Drogba, Paulo Rossi, Clarence Seedorf, Michel Platini, Franz Beckenbauer, George Hagi, Histro Stoichcov.

Nivel avançado: Schumacher (o goleiro, não o piloto), Johan Cruijff, Gabriel Batistuta, Roger Milla, Michel Preud’Homme, Gary Liniker

Nivel Jedi: Dizer, sem gaguejar, a seguinte frase: “Pena que a Suécia não se classificou. É um pecado o Ibrahimovic não jogar a Copa”

IMPORTANTE:

Citar Kaká e/ou David Beckham não conta pontos para esta regra.

h1

Cartilha da Copa para quem odeia futebol: Regra 1 – A guarda da TV

06/04/2010

A Copa do Mundo está chegando e você não entende patavina de futebol? Seja chique e não atrapalhe . A Copa acontece de quatro em quatro anos e, durante um único mísero mês, torna o futebol a coisa mais importante do mundo de fato.

Portanto, nos próximo dias, El Kabong apresentará um guia prático para que você, que detesta o esporte bretão, uh, não encha o saco no período entre 11 de junho e 11 de julho de 2010.

Regra 1 – A guarda da TV

Durante a Copa do Mundo, a televisão é minha, 100% minha, o tempo todo. Eu decido qual canal será sintonizado e em que horário isso vai acontecer. Não há exceções, nem discussões.

Estarei cagando e andando se for o último capítulo da novela das oito, se o Roberto Carlos está na Hebe ou se o Chico Buarque está ao vivo no Programa Silvio Santos.

E não vou assistir apenas aos jogos. Verei reportagens e entrevistas – inclusive com o auxiliar técnico de Honduras -,  acompanharei a TODAS as mesas redondas disponíveis e vou rever todo e qualquer VT de gol exibido, não importa quantas vezes eu já tenha visto cada gol.  Nunca nos cansamos de ver gols.

A REGRA 1 se extende ao controle remoto.