h1

Tirei o policial?

05/07/2010

Fui parado numa blitze (UPDATE: blitze é o cacete. É blitz, porque era uma só. Blitze é plural. Fui devidamente informado pela Raq Paulino!) policial outro dia.

Não temia por nada. Nem por documentação, nem por bafômetro. Inclusive fiquei torcendo para pedirem para eu soprar a bagaça, porque eu estava mais sem álcool que tanque de Golzinho batedeira branco numa manhã de segunda-feira.

O policial foi extremamente educado:
– Boa noite, senhor.

Eu: Boa noite

Ele: Os documentos, sim?

Eu: Claro (entreguei)

Ele: O senhor está vindo de onde (enquanto passava os documentos para o parceiro”

Eu: Do trabalho.

Ele: Trabalho? E você faz o que?

Eu: Jornalista (na real eu quis responder especialista em comunicação corporativa e editor de relatórios de sustentabilidade, mas achei que soaria falso)

Ele: De madrugada sempre é enfermeiro ou jornalista.

Eu : eh eh eh

Corria tudo bem, eu estava prestes a ser liberado sem muito problema, até que ele me perguntou.
– O carro é seu?

Eu respondi a verdade:
– Ainda não. É da financeira. Estou pagando por ele ainda.

Enquanto ele me revistava, ponderei que o melhor sempre é uma resposta simples, ainda que não tão precisa. Uma resposta profunda pode soar uma zombaria e causar antipatia imediata em quem já estava simpatizando com você.

Anúncios

One comment

  1. Rá! 😀



Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: