Archive for abril \15\UTC 2008

h1

Eu admito: tenho medo de avião

15/04/2008


El Kabong aprendeu umas de suas maiores lições de vidas em um dos famosos epílogos dos desenhos do He-Man: “É preciso ser muito corajoso para admitir que tem medo”. Bom, El Kabong tem medo de viajar de avião.

Nem adianta vir com estatísticas e análises que provam quer o avião é o meio mais seguro de viajar: eu sei de tudo isso, mas medo que é medo é irracional e incontrolável.

“Vai com Deus, filho”, diz minha mãe, invariavelmente todas as vezes que deixo a casa dela. Quando estou indo pegar um vôo, eu penso: “se tudo der certo, não estarei com ele mais tarde”.

“Credo!”, dirão as garotas. “Se liga”, dirão os varões. Tá, eu sei, mas não adianta me mostrar a luz. Eu repito: é um medo irracional, não tenho o menor controle sobre ele.

Sim, é irracional, mas ainda assim, é essencial. Foi o medo que ajudou o homem das cavernas a sobreviver na idade da pedra. A falta de medo nos faz fazer coisas como acelerar um carro a 180 km/h e morrer. È um simples processo de seleção natural. Quem aprende a ter medo de levar um choque não enfia dedo na tomada. Quem não tem medo de se esborrachar, pula de bungee jump – El Kabong, por exemplo, jamais morrerá por falha de bungee jump.

O problema todo é que, para manter meu novo trabalho (que me remunera melhor que qualquer das redações porque passei já me remunerou – somando os dois últimos não dá o que ganho hoje) eu tenho que viajar muito. De avião, claro. Viajo tanto que já sou cartão azul da TAM, e só não sou vermelho porque ser vermelho é uma tarefa hercúlea.

Cada uma das vezes que eu entro no avião, o pavor toma conta de mim. Aquele corredor tubular claustrofóbico não ajuda em nada. Eu olho para as pessoas e a única coisa que vem a minha cabeça é: “Olha essas pessoas. È com elas que eu vou morrer”.

“Credo!”, dirão as garotas. “Se liga”, dirão os varões. Tá, eu sei, mas não adianta me mostrar a luz. Eu repito: é um medo irracional, não tenho o menor controle sobre ele.

Bom, se alguém usou avião na Região Sudeste nesta segunda-feira (14 de abril) sabe que as chuvas fortes atrapalharam o tráfego. O vôo que me levaria de Congonhas a Confins às 7h da manhã decolou às 9h15. O que me traria de volta, às 17h, saiu às 18h. E foi esse retorno que me motivou a escrever esse post. Sentado na fileira 25, no fundo do avião, eu me senti sobre um touro em Barretos, de tanto que esse avião pulou.

É evidente que o avião não caiu, ou não teria escrito tudo isso, mas faltou pouco para um colapso nervoso. De verdade.

Eu sei, eu sei: estatisticamente é mais seguro que carro, passa por manutenção diariamente, o controle é rigoroso etc etc. Mas quantas pessoas você conhece que sobreviveram a um acidente de automóvel? E quantas sobreviveram a uma queda de avião?

É irracional, não posso fazer nada. Se você chegou até aqui, obrigado por ler meu desabafo. Por que voar, terei que continuar voando.

Anúncios
h1

Pegadinha do Mallandro. Rá

10/04/2008

El Kabong é um dos trouxas que ficou recolhendo a Nota Fiscal Paulista, aquela que você dá o CPF para a loja (e corre o risco de sofrer uma fraude) para ter descontos em impostos ou mesmo crédito em poupança, como contrapartida do governo por ajudá-lo a combater a sonegação fiscal.
Ninguém sabia ao certo quanto teria de volta, até uma reportagem do Publimetro mostrando que, a cada R$ 1.000 gasto, mas registrado com CPF, você recupera R$ 5.
Isso ai: CINCO CONTO. Ou duas passagens de busão em São Paulo e ainda sobra R$ 0,40 para você dar a um pedinte.
Seria uma piada por si só, mas tem mais: você só pode recuperar os créditos a partir de R$ 25, ou seja, você precisa ajudar o governo a recolher os impostos de R$ 5.000 para recuperar a espetacular quantia de R$ 25. Dá pra pedir um número 1 no McDonald´s e ainda sobra para um Sundae.
É mais barato que contratar um fiscal e pagar a ele um salário para que valha a pena ser honesto, não?
El Kabong aboliu a Nota Fiscal Paulista.

h1

Dez acidentes incríveis da F-1

05/04/2008


Copiado do blog Lista 10. Com direto a narração do galvçao no número 1!
Para quem nãos e lembra, o 9 foi Christian Fittipaldi, que depois de capotar, chegou em 5º;

h1

Super Homem é multado

04/04/2008


Vocês querem que eu comente?

h1

Onde estava Jesus para salvar?

02/04/2008


Certamente tinha mais o que fazer, não?