Archive for janeiro \22\UTC 2008

h1

Definhando no trampo

22/01/2008

El Kabong anda sem tempo para atualizar o blog. Assim que possível, voltará a postar

h1

Pintou?

17/01/2008

Uma é nordestina e banca a virgem e pobre.
Outra é paulista e apareceu de mau-humor e é de família de classe média (além de já ter aparecido em ensaios sensuais).

Resposta do paredão? Fácil. A nordestina, virgem e pobre deu uma pau na outra.

Só que Gyselle, segundo o detector de mentiras da Globo, mentiu mais no teste que Jaqueline. Não foi suficiente.

Gyselli já começa a despontar com grande popularidade na internet. Pintou a vencedora?

Por via das dúvidas, El Kabong não a colocaria no paredão de novo tão cedo, evitando a criação de uma heroína.

Ah sim: a imagem púdica e sofredora ainda é a grande tática do BBB.

h1

Pânico no auge

16/01/2008


Atenção para as legendas da música

h1

Na boa

12/01/2008

El Kabong bebe. Já bebeu mais, mas ainda hoje não é pouco.

El Kabong defende limites. Desde que você não prejudique a vida de outrem (olha!), não vejo mal alguém em consumir qualquer tipo de substância. Prejudicar inclui dirigir estupidamente bêbado ou financiar o crime (ninguém conseguiu até hoje me mostrar qual é outra forma que o tráfico tem de comprar armas).

O outro lado da moeda também vale. El Kabong é totalmente contra o lei seca que vai imperar em Brasília. É mais uma medida paliativa, que só vai beneficiar os mercados, já que as pessoas vão estocar cerveja em casa.

Não é segredo também que quatros “Cês” orbitam na vida de jornalistas: cerveja, café, cigarro e cocaína. Numa redação, há que não consuma um entre os quatro, mas não há ninguém que não consuma pela menos um desses.

Só que a hipocrisia reina, especialmente quando o assunto é BBB. A mídia não pensa duas vezes em citar matéria de leitores/ouvintes/internautas que acusam o programa de estimular o consumo de álcool.

Mas também não pensa duas vezes em publicar um anúncio de página inteira ou veicular comerciais de 30 segundos de cerveja.

Os jornalistas precisam aprender que o que vale para os outros, vale para eles também.

h1

Suzanne Bloch?

12/01/2008


El Kabong estava olhando uma gracinha do Kibeloco sobre os quadros recuperado do Masp e me chamou a atenção a obra de Picasso “Retrato de Suzanne Bloch”.

“Engraçado”, pensou o Vigilante. Essa mina parece alguém.

De repente, veio a iluminação. Nós já vimos, sim, Suzanne Bloch. Clique aqui e negue, se for capaz.

h1

El Kabong também é cultura!

09/01/2008

Você não lê só bobagens aqui. E agora, El Kabong vai sanar uma das suas grandes dúvidas: Afinal, como raios é definida a data do Carnaval (que em 2008 chega bem mais cedo).

Presta atenção que é metzo complexo. Antes de definir o carnaval, é preciso definir a data do Domingo de Páscoa, que é sempre o primeiro domingo após a primeira lua cheia que acontecer a partir de 21 de março. Neste ano, o tal domingo vai cair no dia 23 de março – porque, em 2008, a primeira noite de lua cheia do período em questão será justamente em 21 de março.

Muito bem. A regra é que a terça-feira de Carnaval sempre será aquela que cai 46 dias (ou 47, em anos bissextos) antes do Domingo de Páscoa (pode pegar o calendário de qualquer ano e contar).

A Páscoa também define o feriado de Corpus Christi. Sempre uma quinta-feira que cai 60 dias após a Páscoa (neste ano será em 22 de maio).

Montagem tosca feita no paint

Quer ser programar para 2009? O Carnaval será entre 22 e 24 de fevereiro.

h1

Revelando a identidade secreta

09/01/2008

El Kabong ouve muito duas perguntas:

1 . Por que você fala de si mesmo na terceira pessoa?

2. Por que você mantém sua identidade em segredo?

As respostas são simples.

1. Porque é engraçado. O autor considera El kabong uma entidade, mais ou menos como Pelé para o Edson, “entende”?

2. Não mantenho em segredo. As pessoas que sentam num bar comigo sabem que sou El Kabong.

Enfim, se é que existe alguém que não me conhece pessoalmente, mas está curioso para saber minha verdadeira identidade secreta, resolvi revelá-la. basta CLICAR AQUI.